Quarta-feira, 30 de Abril de 2008
capitulo 3
Na festa:
A festa tava super animada os gémeos trataram da música e das luzes aquilo parecia ter sido feito por profissionais. Tava toda a gente a dançar ou a namorar a Hikaro e o Ricardo já estavam enrolados aos beijos dês do inicio da festa e o Pedro e a Bia também.
Duarte – quem diria o meu irmão apaixonado pela Bia olha para aquilo pare-se que tão colados (risos)
Eu – e não são só aqueles dois que parecem que tão colados já viste bem a Hikaro e o Ricardo.
Duarte – pois. Olha quem acabou de chegar!
Eu – quem? (olhei para a porta)
Duarte – é a Cármen e vem com mais dois gajos. Quem são eles sabes?
Eu – não mas vou descobrir bora! (e agarrei no braço dele e levei-o até lá)
Cármen – oi
Eu e Duarte – oi tudo bem?
Cármen – ya e com vocês?
Duarte – melhor dês que chegaste. (disse entre os dentes)
Eu – bem (Disse dando uma cotovelada ao Duarte)
Duarte – tão que são estes gajos? (disse o Duarte com cara de quem os quer matar)
Cármen – são os meus primos eles são alemães mas sabem falar português eles vieram para cá num intercambio vão cá passar as férias e o próximo ano lectivo.
E fomos nos sentar ao pé da piscina
Duarte – queres dançar Cármen?
Cármen – sim pede ser! (disse super corada)
Eles foram dançar e passado um bocado já estavam aos beijos. Deixaram-me sozinha com os primos da Cármen. Que poso garantir que eram muito giros um tinha rastas tinha uma t-shirt branca (xxl) e boné a condizer, calças de ganga (xxl) (que para ser sincera lhe ficavam a matar porque é magro) e ténis brancos e o outro tinha o cabelo preto com madeixas brancas todo em pé parecia um espanador, ao contrario do outro rapaz este tinha uma camisola preta (s) e umas calças de ganga (s) e uns ténis brancos.
Eu fiquei um bocado atrapalhada mas meti logo conversa com eles não ia ficar ali parada a olhar.
Eu – então como se chamam?
Rap. das rastas – o meu nome é Tom e este é o meu irmão gémeo o Bill (aponta para o rapaz com o cabelo tipo um espanador)
eu– o quê? Gémeos não gozem!
Bill – nós não tamos a gozar! Mas não te preocupes nós sabemos que somos muito diferentes. (fiquei com cara de parva a olhar para eles)  
Tom – E esta rapariga tão bonita têm nome?
Eu – o meu nome é Rose. (disse muito envergonhada)
Bill – tão onde moras?
Eu – eu moro ali à frente ao lado da casa da vossa prima e vocês tão em casa dela né?
Bill – não. Nós vamos murar para a casa à frente da dela (tom interrompe o irmão)
Tom – nós ainda não sabemos qual é porque mal saímos do aeroporto viemos logo para aqui!
Eu – oh! Tou a ver, mas se vocês vão morar para a casa a frente da, da Cármen isso quer dizer que vão morar ali na casa ao lado!
Tom – ya pois é!
De repente vi que a Angela e chamei-a para o pé de nós
Angela – oi tudo bem?
Eu – ya e contigo?
Angela – também.
Eu – estes são os primos da Cármen, o Tom e o Bill. (apontei para eles)
Tom e Bill em coro – oi
O Bill fica pasmado a olhar para a Angela
Tom – Bill convida-a para dançar não fiques ai parado a olhar para ela (disse em alemão logo eu e a Angela não percebemos)
Bill – a Angela queres dançar? (disse meio atrapalhado)
Angela – ya claro! (disse completamente vermelha)
Como era de esperar passado um bocado começaram aos beijos
Tom – bem queres vir dar uma volta?
Eu – ok!
O tom levou-me para um canto do jardim da casa dos gémeos só lá estávamos os dois, o Tom abraça-me e beija-me.
- (Ele beija mesmo bem) pensei mas empurrei-o
Eu – o que foi isto?
Tom – um beijo porque não gostaste?!
Eu – não e isso é que acabamos de nos conhecer
Tom – mas eu gosto de ti!
Eu – como sabes? Quer dizer acabamos mesmo agora de nos conhecer!
Tom – a minha prima fala-me muito de ti e nas ultimas ferias quando ela foi lá à Alemanha. Ela mostrou-me umas fotos tuas e deixou-me ficar com elas (tira umas fotos do bolso) ela falou-me tanto de ti que fiquei apaixonado quando te vi nas fotos e agora na festa quando vieste ter com nosco mal entramos na festa eu tava com o coração a cem à hora.
 – Então era para isso e que ela queria tanto umas fotos minhas para levar para a Alemanha! (pensei eu)
Eu – Tom não é que não sinta nada por ti mas é que eu não me cinto preparada percebes? – O que raio e que tou praqui a dizer (pensei)
Tom – sim ok! Mas eu vou lutar por ti!
Eu – a sério!
Tom – podes ter a certeza disso!
Viro-me para ir a procura da Hikaro para irmos para casa mas quando me tava a ir embora o Tom agarra-me pelo braço
Tom – onde vais?
Eu – vou a procura da Hikaro é melhor irmos para casa já esta a ficar tarde
Tom – não vás já embora por favor fica mais um bocado aqui comigo na festa (fez um olhar de cachorrinho abandonado)
Eu – ei!!! Esse truque é meu ó macaco de imitação (empurrei-o na brincadeira)
Tom – a sério! (fez um olhar sexy enquanto mexia no pircing que tem o lábio)
E começamos a discutir na brincadeira passado um bocado começa a tocar uma daquelas músicas que são para se dançar bem agarradinhos e nós tavamos ao pé da piscina.
Tom – queres dançar? (diz agarrando-me na cintura e puxando-me para si)
Eu – um vou pensar no teu caso. (disse piscando-lhe o olho) se me conseguires apanhar
Comecei a correr e ele veio a traz de mim quando eu pensava que o tinha despistado ele apanha-me por traz.
Tom – apanhei-te! (começa a dar-me beijos no pescoço)
Eu – para com isso! – Não, não pares ta a saber tão bem (pensei)
Tom – e se não quiser para (disse com ar maroto enquanto contunuava a beijar-me o pescoço)
Eu (pensei) – então não pares. Ai eu não vou conseguir resistir mais omg!
Os beijos do Tom foram subindo até que chegaram a minha boca não consegui resistir mais e começamos aos beijos. Ele beija tão bem e aquele pircing frio fica ali mesmo bem. Os beijos dele eram rebeldes e suaves passado um bocado ele parou de me beijar e ficou a olhar me nos olhos aqueles olhos castanhos lindos bem fixos nos meus.
Tom – tão ainda me vais continuar a fugir depois disto? (disse com um olhar sexy)
Eu (pensei) – omg se ele continuar assim tão irresistível não sei se vou consegui aguentar.
Eu – eu não ando a fugir! Tou só a brincar com tigo. (e dou-lhe um beijo no canto da boca)
Saí do pé dele e fui à procura da Hikaro agora tava na altura de ir mesmo para casa. O Tom ficou no jardim com cara de parvo a olhar para mim xD.
Fui perguntar a umas amigas minhas se a tinham visto mas ninguém sabia dela nem do Ricardo logo percebi que deviam tar juntos num sítio mais “sossegado”.
Então decidi ir para casa mas quando tava a ir em direcção a casa o Tom apanha-me de surpresa e encosta-me ao muro de casa da Cármen.
Tom – tão ias-te embora e nem te despedias de mim! (olhar de cachorrinho abandonado)
Eu – não me olhes assim!
Tom – por que? (fez um olhar sexy enquanto mexia no pircing)
Eu – porque… porque… oh Tom amanhã falamos! (empurrei-o e continuei a andar para casa que era mesmo a do lado)
Então o Tom agarra-me pela cintura e vira-me para ele
Tom – e como é que amanhã nos encontramos se não me deste o teu número.
Trocamos os números e o tom ia em direcção a casa dele quando eu me ponho a frente dele e o beijo.
Eu – este é para compensar o primeiro que me deste.
O Tom ficou a olhar para mim
Eu – amanhã fico à espera de notícias tuas (disse-lhe ao ouvido)
Fui para casa e vesti o pijama (mini-calções e t-shirt) deitei-me e como tava muito cansada adormeci.
Nesse momento na festa o Bill e a Angela tavam a um canto a curtir quando o Bill para.
Angela – o que foi? Que se passa? (faz-lhe festinhas no cabelo)
 Bill – nada e só que… Angela…
Angela – sim… diz
Bill – bem Angela queres namorar comigo? Eu sei que nos acabamos de conhecer mas tu és especial para mim e…
Ele não conseguiu acabar pois a Angela beijou-o
Angela – não precisas de dizer mais nada a minha resposta é sim
O Bill tava tão feliz que só lhe apetecia gritar beijou-a e depois Angela olhou para as horas
Angela – Oh meu deus já é tão tarde tenho de me ir embora
Bill – pois tens razão. Eu levo-te até casa
O Bill levou-a a casa e deu-lhe um beijo de despedida.

oiço: nenhuma
sinto-me: super canxada


Quinta-feira, 24 de Abril de 2008
capitulo 2
No dia seguinte em casa dos gémeos
Bia – bem os rapazes nunca mais abrem será que lhes aconteceu alguma coisa?
Eu – aconteceu eu digo-te o que aconteceu eles baldaram-se! (risos) vou masé ligar-lhes.
Telefonema:
Pedro – tou
Eu – tou sou eu a Rose. Onde raio é que vocês se meteram nós já cá tamos e ninguém nos abre a porta!
Pedro – nós tamos mesmo a ir para ai é que tivemos a falar com uns amigos nossos sobre a festa e perdemos a noção do tempo. Desculpa. Mas não és tu que dizes que quanto mais gente melhor!
Eu – sim, sim vê la é se vocês se despacham é que a Bia e a Hikaro já tão a ficar preocupadas.
Pedro – a sério! a Bia ta preocupada comigo?! (diz como se fosse a melhor noticia à face da terra) vamos já para ai!!!!!!!
Fim da chamada.
Bia e Hikaro – tão o que é que eles disseram?
Eu – que já vem ai
Passamos a tarde quase toda a tratar da festa. Quando faltavam 2 horas para a festa começar nós fomos a casa vestir os nossos factos.
A Hikaro tava com um vestido de apertar ao pescoço azul com o bikini azul por baixo, a Bia tinha posto um vestido amarelo de alças com o bikini amarelo por baixo e eu tava com um vestido cai-cai branco com o bikini preto por baixo.
 

sinto-me:
oiço: Chris Brown - Wall To Wall


capitulo 1
Ontem foi finalmente o último dia de aulas agora temos 3 meses de féria. Eu, a Hikaro e os gémeos (Pedro e Duarte) decidimos organizar uma festa para começarmos as férias em grande.
                                          Em minha casa:
Hikaro – onde é que vamos fazer a festa?
Duarte – qual vai ser o tema?
Pedro – podemos fazer a festa em nossa casa Duarte assim aproveitávamos e dávamos uns mergolhinhos na piscina!
(acenamos todos como se disséssemos que sim)
Pedro – tas tão calada Rose o que se passa?
(oh pois eu ainda não vos tinha dito mas o meu nome é Rose)
Eu– não é nada tava só a pensar e que tal de o nosso tema ser “Havai”?
Duarte – ya esse tema é fixe
Ficamos a tratar dos preparativos até ao fim da tarde. No dia seguinte eu fui ao shopping ter com os gémeos e com a Hikaro para tratarmos da entrega dos convites como era costume fui eu que fiquei responsável de fazer os convites.
Hikaro – olhem quem ta ali!
Era Bia e o Ricardo nós acenamos-lhes e eles vieram ter com nosco
Bia e Ricardo – oi! Que fazem por aqui não nos digam que à festa e nos não fomos convidados!? (risos)
Eu – sim à festa amanha a noite em casa dos gémeos e tamos a contar com vocês.
Ricardo – e essa festa têm tema?
Hikaro – claro o tema é o Havai! (diz toda corada)
Eu – bom eu vou dar uma volta para ver se encontro mais alguém!
Dei uma volta pelo shopping e fui avisando o pessoal que encontrava no caminho quando voltei para o pé deles os rapazes já tinham bazado.
Eu – tão onde é que eles foram? Piram-se assim e nem se despedem nem nada!
Bia – como tu nunca mais aparecias eles decidiram bazar acho que foram comprar algumas cenas para a festa!
Eu – pelo menos foram fazer alguma cena de jeito.
Então reparei que a Hikaro estava muito calada, ela tava com aquela cara de que uma coisa muito boa tinha acabado de acontecer.
Eu – terra chama Hikaro! Responde Hikaro! Acorda!
Hikaro (como quem acaba de aterrar vindo de outro universo)- a o quê? O que tavas a dizer?
Rose – que se passou Hikaro parece que viste um deus!
Bia – não foi um deus foi o meu irmão de certeza!
Eu – uiui! O amor esta no ar! És tu com o Ricardo, a Bia com o Pedro só eu e que sou uma desgraçada que não tem ninguém! (risos)
Bia e Hikaro – oh tadinha da nossa miga anda cá sua desgraçadinha! (abraçam-me)
Depois de falarmos com toda a gente fomos para casa.

sinto-me: in love
oiço: Chris Brown - Wall To Wall


introduçao

espero que tenham gostado da fic da inês

Eu (joana) vou começar a postar a minha

só à um problema é que ainda não tá acabada xD

bom tão aqui vai a introdução

personagens

Rose- conta a história na 1º pessoa,tem 18 anos, é alta, tem o cabelo loiro escuro e olhos verdes, usa um estilo muito próprio, divertida, brincalhona, quando que é perversa, adora fazer serviço de cupido, é um bocado vingativa e optima concelheira.

Angela- melhor amiga de Rose têm 19 anos, é mais alta que Rose tem o cabelo castanho escuro e os olhos castanhos, timida, romantica, desastrada, divertida, brincalhona o estilo é +-emo

Fred- irmão mais novo de Rose,tem 17 anos, bem mais alto que Rose, divertido brincalhão, super perverso (mas tenta controlar-se), é a pessoa em quem Rose mais confia, o seu estilo é normal

Tom/bill Kaulitz - tem 19 anos, não perciso de dizer + nada

Matilde- (tratam-na por Mati) irmã mais nova dos Kaulitz tem 17 anos, divertida, timida, brincalhona e muito querida

Vera- *nova irmã* de Rose, ela odeia-a, tem 18 anos é muito futil, mimada e mandona

[ao longo da fic vão aparecendo outras personagens]

[os th não existem]

 


sinto-me: super felix
tags:


Quarta-feira, 23 de Abril de 2008
fanfic "Como tudo pode mudar!"
Era ainda noite, ainda não conseguia adormecer peguei no telemóvel para ver que horas eram.
 Reparei que tinha uma mensagem do Diogo.
 
Mensagem:
 Olá, amor desculpa se te acordei mas é urgente.
 Chimiusa veio ter comigo a pedir-me ajuda e não sei o que fazer!
Vem ter connosco a Magix.
                                                             Beijinhos Diogo….
 
 
Estava numa agitação tremenda, vesti-me e saí.
 

 Pelo caminho, a estrada estava escura não se via nada até que oiço um estrondo e não me lembro de mais nada.
 
Não sabia onde estava, não sabia se era seguro mas abri os olhos, vi apenas duas raparigas a segredarem, pareceu-me familiar mas não sabia de onde.
 
 
 
 
Vi então Miguel e Vital sentados num cadeirão que se ali encontrava, estava então num hospital deitada numa imensa cama branca. Tentei-me levantar, mas não consegui pois estava sem forças.
 
 
 Foi então que Chimiusa ao ver que tinha acordado manda chamar a enfermeira. Comecei a entrar em pânico não sabia porque ali estava.
Até que pergunto a Miguel ao que este me responde que tinha tido um acidente.
 Mikaro- tive um acidente ! onde está Diogo?
Miguel- Diogo está……
Mikaro- está sim diz..
Miguel- Mikaro Diogo está morto!
Mikaro –está morto mas como? (montes de lágrimas desfaziam-se na minha cara, não acreditava no que me tinham dito ,Diogo não podia estar morto.)
 Miguel-Sim está ele foi atropelado quando estava a levar Chimiusa para casa!
 
Bem tive finalmente a minha alta estava super triste Diogo estava morto e nem me despedi dele.
 
Já estávamos em minha casa vital, Miguel e Chimiusa tinham-me ido levar a casa. Começo a chorar sem conseguir parar.
 
Vital vem ter comigo e abraça-me.
 
Vital- tem calma , Diogo não ia gostar de te ver assim.
Mikaro-sim tens razão
 
Miguel e Chimiusa vêm me naquele choro tremendo e vêm ter conosco.
Chimiusa puxa Vital lá para fora deixando-me sozinha com Miguel,.
 
Lá fora
 
Vital- que queres?
Chimiusa- tinha saudades tuas! Vamos para minha casa, estamos mais a vontade.
Vital –Estás doida, Mikaro perdeu o namorado, e está super mal, a precisar do nosso apoio , e tu só pencas em sexo!?
Chimiusa- Anda lá ,vamos nus divertir!
 
Chimiusa acabou por convencer vital com destino a sua casa, sem nus dizer nada.
 
Casa
 
Subiram as escadas em passo apreçado, em direcção a seu quarto, Vital empurra Chimiusa para cima da cama lançando-se em seguida para cima desta. Percorreu-lhe o corpo com longos e apaixonados beijos, Chimiusa arranca-lhe a camisola que vital tinha vestida, de seguida vital rira-lhe o top, a saia e a langerie, estavam apenas como Adão e Eva vieram ao mundo seus corpos unidos num só, como se aquilo dura-se para sempre! Chimiusa gritava de prazer , vital ia penetrando com maior velocidade.
Gruta
 
Miguel estava comigo até darmos por falta de Chimiusa e vital.
 
Miguel –onde está Chimiusa?
Mikaro – não sei, mas vital também não está cá!
Miguel.- O quê não está ? será que foram para casa?
Mikaro – sem nus dizerem nada ? duvido mas podemos ir ver !
Miguel –vamos a casa de Chimiusa.
Mikaro- ok vamos lá.
 
Chegada a casa de Cimiusa
 
Tínhamos chegado, batemos a porta e fizemos silêncio…. Ouvia-se de dentro algo.
 
Miguel -mas que barulhos são estes?
Mikaro- não sei, mas parece gritos.
Miguel –será que Chimiusa corre perigo?
Mikaro- não sei , vamos entrar sem fazer barulho, que tenho aqui a chave.
Miguel- ok vamos .
 
Entramos em casa e os gritos vinham do quarto de Chimiusa.
Ouvindo bem não pareciam de se estar a passar algo de errado muito pelo contrário.
Abrimos a porta e….vimos Chimiusa e Vital enrolados.
 
Miguel- mas o que é que se passa aqui?
Mikaro – tem calma!
 Chimiusa e vital ficaram chocados ao ver que tinham sido apanhados.
 Chimiusa- tem calma Miguel não é o que parece!
Miguel – só podes estar a gozar comigo pensei que gostasses de mim , mas afinal enganei-me.
Chimiusa- desculpa a sério eu amo-te.
Miguel- deves pensar que sou parvo não?
Miguel dirige-se a Vital e estes começaram á pancada ,eu e chimiusa tentamos os separar mas só passado algum tempo é que conseguimos. Levei Miguel da li. Afinal de contas foi o único que me ajudou e éramos os melhores amigos. Fomos dar uma vota ao shopping ,comer um gelado para ver se o animava.
Comemos e sentamo-nos nas mesas que se ali encontravam para conversamos um pouco. Até que por muita admiração minha vi uma amiga minha que já não via a algum tempo veio na minha direcção.
 
Constança- olá Mikaro, tudo bem?
Mikaro – olá ,tudo e contigo? Já a muito tempo que não te via!
Constança- comigo está tudo bem. Sim é verdade á muito mesmo.
Mikaro- então e o que te trás por cá?
Constança-ainda bem que perguntas já me ia esquecendo!
Mikaro- diz lá!
Contança- a professora Margarida ….bem ela deu-me estes convites para a festa que está a ser organizada.
Mikaro –a sério vê-se mesmo que são coisas á stora margarida.
Constança- mesmo !
Mikaro – então e essa festa tem tema?
Constança –claro! O tema é o oriente!
Mikaro –tipo árabes, chinesas etc… não é?
Constança – sim ,isso mesmo.
Mikaro- que giro vai ser altamente!
Constança – pois vai , bem Mikaro adorei falar contigo mas ainda me faltam entregar alguns convites e já se está , a fazer tarde.
Mikaro- sim tens razão ! beijinhos adeus.
 
Estava super animada, olhei para o lado onde deveria estar sentado Miguel mas por minha admiração não estava .
 
 Miguel tinha ido embora, sem eu dar conta. Peguei no meu telemóvel e marquei seu numero, do qual não atendeu., pois estava desligado. Deixei mensagem.
 
 
 
 
 
Miguel dirige-se a Vital e estes começaram á pancada ,eu e chimiusa tentamos os separar mas só passado algum tempo é que conseguimos. Levei Miguel da li. Afinal de contas foi o único que me ajudou e éramos os melhores amigos. Fomos dar uma vota ao shopping ,comer um gelado para ver se o animava.
Comemos e sentamo-nos nas mesas que se ali encontravam para conversamos um pouco. Até que por muita admiração minha vi uma amiga minha que já não via a algum tempo veio na minha direcção.
 
Constança- olá Mikaro, tudo bem?
Mikaro – olá ,tudo e contigo? Já a muito tempo que não te via!
Constança- comigo está tudo bem. Sim é verdade á muito mesmo.
Mikaro- então e o que te trás por cá?
Constança-ainda bem que perguntas já me ia esquecendo!
Mikaro- diz lá!
Contança- a professora Margarida ….bem ela deu-me estes convites para a festa que está a ser organizada.
Mikaro –a sério vê-se mesmo que são coisas á stora margarida.
Constança- mesmo !
Mikaro – então e essa festa tem tema?
Constança –claro! O tema é o oriente!
Mikaro –tipo árabes, chinesas etc… não é?
Constança – sim ,isso mesmo.
Mikaro- que giro vai ser altamente!
Constança – pois vai , bem Mikaro adorei falar contigo mas ainda me faltam entregar alguns convites e já se está , a fazer tarde.
Mikaro- sim tens razão ! beijinhos adeus.
 
Estava super animada, olhei para o lado onde deveria estar sentado Miguel mas por minha admiração não estava .
 
 Miguel tinha ido embora, sem eu dar conta. Peguei no meu telemóvel e marquei seu numero, do qual não atendeu., pois estava desligado. Deixei mensagem.
 
Acabei o meu gelado e fui-me embora precisava de falar com Chimiusa sobre o que se tinha passado com Vital.
 
 
Cheguei a casa, e encontrei Chimiusa no sofá a chorar, aproximei-me e sentei-me ao seu lado.
 
Mikaro- o que se passa?
 
 
Chimiusa- Mikaro! (dá-me um abraço) ainda bem que estás aqui!
Mikaro- que se passa? Onde está Vital?
Chimiusa-o Vital ficou super chateado com o que se passou , dizendo que nunca mais me queria ver.
Mikaro- assim sem mais nem menos?
Chimiusa- sim , faz a porcaria e depois foge dos problemas!
Mikaro- sabes que o Miguel está super mal!
Chimiusa- sim eu entendo, mas eu gosto é do vital!
Mikaro- sim ta bem, mas se gostavas assim tanto do vital porque no acabares a relação com o Miguel em vez de te meteres enrolado com Vital?
Chimiusa- já chega ,não quero que também tu fiques chateada comigo!
Mikaro- então mas porque é ainda continuas a chorar ?
Chimiusa- porque meus pais ligaram-me e vamos daqui a 3 dias viver para fora.
Mikaro – o que? Vais te embora
Chimiusa- sim vou .estou tão triste
Mikaro- tem calma .   
 Chimiusa- então e porque vieste cá ?
 
Contei-lhe sobre a festa, ao qual ela ficou animadíssima pois só se iria embora daqui a 3 dias.
Fomo-nos deitar , pois amanha era o grande dia, ainda não sabia nada de Miguel, mas amanha tentava falar com ele.
 
Chegou o grande dia, acordei e fui a correr ligar a Miguel .
 Por fim atendeu
 
Miguel-tou…..
Mikaro- tou ,aleluia que me atendes .
Miguel –olá Mikaro, desculpa , mas passou-se alguma coisa ?
Mikaro- mais ou menos! Hoje á noite vai haver uma festa organizada pela stora Margarida .
Miguel- e então não estás a espera que vá pois não?
Mikaro – porque não ? vai toda agente ! e se tu não fores não vou também!
Miguel – ho não fazias isso?
Mikaro –queres provas ?
Miguel – não ,não ! ok eu vou!
Mikaro- boa! Hã a festa é para ires vestido de oriental!
Miguel –ainda por cima?
Mikaro –vá anda lá vai ser giro!
Miguel- sim ok eu vou !
Mikaro- então vá beijinhos
Miguel- beijinhos
 
Falei com Miguel, estava tudo a correr bem.
Aluguei o meu fato.
 
Chegou a noite e já estava atrasada!
Vesti apressadamente o fato era a árabe roxo.
Era realmente bonito, mas simples.
Finalmente estava pronta.
Chimiusa já estava a minha espera com Constança, estavam também muito bonitas.
Chimiusa encontrava-se com vestida á árabe vermelha e, Constança encontrava-se vestida a chinesa.
Comprimentei-as
 
Mikaro- estão prontas?
Contança/chimiusa- claro! Vamos.
 
Festa
 
Chegamos, à nossa espera estava Miguel e os irmãos de Diogo , Ricardo e Diogo.
 
Mikaro- olá a todos estão tão giros!
Rapazes em coro – vocês também!
Diogo- bem acho melhor irmos começando a entrar ( respondemos todos abanando a cabeça dizendo que sim.
 Na porta estava professora margarida que rapidamente se apreçou a dar nus as boas vindas.
Margarida - boa noite meninos! Espero que se divirtam!
Agradecemos e entramos.
 Mikaro - já viram Manachi também veio! (apontei para a rapariga de roxo que lá se encontrava)
Diogo - epá ela é mesmo gira!
Ficamos todos a olhar para Diogo enquanto este se aproximava dela.
 
Diogo- olá borracho
Manachi- olá! Que queres?
Diogo- queres dançar?
Manachi – sim vamos lá!
 
Manachi e Diogo dançavam e beijavam-se intensamente.
 
As cortinas finalmente abriram e a professora margarida pediu a nossa atenção. Ao ouvirmos isto paramos todos o que estava mos a fazer.
 
Margarida- queria pedir a vossa atenção , pois tenho 2 alunos novos que vão entrar na escola.
 
Ao ouvir isto só se ouvia:
-quem será?
-serão giros?
-serão rapazes ou raparigas?
 
Margarida- bem meninos apresento-vos tom kaulitz e alex evans.
 
Eram realmente muito giros, principalmente o de rastas e pircing no lábio.
Fui ter com eles para lhes dar as boas vindas.
 
Mikaro- olá rapazes sejam bem vindos
Tom/Alex- olá, obrigada.
Mikaro- eu chamo-me mikaro prazer.
Tom/Alex- nós somos (quando iam dizer interrompo) 
Mikaro- sim eu sei quem são alex e tom certo?
Tom- sim exactamente ( diz tom olhando-me de cima a baixo)
 Reparei que estava a olhar, fiquei um pouco envergonhada mas não disse nada.,ficamos em silencio até que tom interrompe o silêncio .
Tom- espero que todas as raparigas desta escola sejam boas como tu!
Mikaro –boas? que queres dizer com isso?
Alex- ele quer dizer boas pessoas!
Miakro – ah sim são muito boas pessoas! Aqui toda a gente é simpática.
Tom- não me estava a referir…( alex interrompe)!
Alex-aquelas ali são tuas amigas?
Miakro- sim são (chamei-as)
 
Chimiusa aproxima-se.
 
Chimiusa-olá, olá
Alex –olá
Tom- olá!
 
Tom chama-me.
 
Tom-mikaro vamos lá para fora falar um pouco, que aqui está muita confusão.
Mikaro- então e eles( quando dei por mim estava a ser levada por tom, para a varanda mais perto que se ali encontrava)
 Paramos e encostei-me ao poste que ali se encontrava, tom mete-se a minha frente.
Tom- és linda!
Mikaro- obrigada! (comecei a corar).
Tom- posso? (ao dizer isto aproxima-se cada vez mais de mim)
Mikaro- o que?
Sem puder dizer mais nada, nossos lábos já se estavam a tocar, era realmente perfeito. Mas afastei-o e disse:
Mikaro- que foi isto?
Tom – um beijo! Porque não gostas-te?
Mikaro- não é isso! Mas não achas que é um pouco cedo para isto?
Tom- não quando se gosta não!
Mikaro- como? Conhecemo-nos a tão pouco tempo! Que queres dizer com isso?
Tom- que gosto de ti!
Mikaro- deves tar bêbado só pode
Tom- não, não estou ,testou bem lúcido eu gosto de ti!
Mikaro- mas como?
Tom- já tinha ouvido falar de ti e já te tinha visto no shopping, só não fui ter contigo porque estavas com um rapaz a comer um gelado. Foi amor á primeira vista ok?
Mikaro- ho tom! Vou andando!
Tom- não vás por favor!
 
Chimiusa, fazia-se a alex, mas este sem lhe dar troco
 
Constança estava a curtir com um rapaz do qual o nome Gonçalo
 
Miguel estava a curtir com uma rapariga de longos cabelos loiros e olhos verdes, bastante morena.
 
Manachi estava enrolada com Diogo na casa de banho.
 
Casa de banho:
 
Manachi abre a porta de um dos compartimentos do wc, Diogo despe-lhe o top e os mini calções, ficando assim apenas de roupa interior. Manachi saboreia seus lábios e tira-lhe a roupa toda ficando este nu.
Diogo arranca roupa a Manachi e penetra-lhe fortemente, fazendo esta gemer. Percorre-lhe o corpo todo com longos beijos, fazendo esta gemer, mais e mais. até acabarem os dois unidos no chão do compartimento do wc.
 
Fui ter com Constança, mas rapidamente tom, apreçou-se a alcançar-me
 
Mikaro- que queres?
Tom- quero-te a ti!
Mikaro- agora não é a melhor altura acredita!
 
Tom não aceitou, esta resposta e beija-me, fico fula e dou-lhe um estalo.
 
Tom- para que foi isso?
Mikaro- desculpa, mas detesto quando não percebem o que é um não!
Tom- desculpa, eu é que peço desculpa não devia ter-te beijado!
Mikaro- não quer dizer que não tenhamos nada, mas neste momento não me quero envolver com ninguém percebes?
Tom- ok ok! Eu entendo! e vou esperar por ti !
Mikaro- obrigada (dou-lhe um abraço do qual ele aperta com força)
 
Alex vem ter connosco 
 
Alex- estou a interromper alguma coisa?
Tom- claro- interrompendo miakro- claro que não acrescenta.
Tom olha-me friamente.
Mikaro- então alex, não estavas com Chimiusa?
 Alex- tava, mas não me larga ela é uma rapariga muito fútil, e eu não gosto de pessoas assim alem disso não mostra interesse nenhum!
Mikaro- pois! Também e normal, ela acabou á pouco tempo com uma relação.
Alex- sim talvez seja por isso! Já agora és mesmo muito bonita e simpática
Mikaro- obrigada
 
Olhei para o tom, e vi que estava com um olhar de querer estrangular alguém.
 
Alex- olha, mikaro queria-te apresentar uma pessoa
Mikaro- uma pessoa??quem?
Alex –a minha irmã! A sarah
Alex chama sarah
 
Mikaro- olá sarah!
Sarah- olá!
Alex- sarah esta é a mikaro!
Sarah- mikaro prazer em conhecer-te!
Mikaro- o prazer é todo meu! Então e estás a gostar da festa?
Sarah- sim, isto aqui está muito animado!
 
Sarah chama alex a parte e pergunta:
 
Sarah: está rapariga é tua namorada?
Alex: quem a mikaro?
Sarah: sim a mikaro quem é que havia de ser?
Alex: achas mesmo, não é que me importa-se mas não, somos apenas amigos mas pode ser que nus tornemos mais que isso!
 
 
 Fui ter com eles, pois estavam já á muito tempo a falar.
 
Mikaro- bem pessoal vou ter com as minhas amigas
Alex- posso ir contigo?
Mikaro- claro!
Sarah- vão lá pombinhos!
Mikaro- que quis ela dizer com aquilo?
Alex- sei lá não ligues!
 
Alex pediu-me para dançarmos do qual não recusei.
Tom vê-nos a dançar e chama-me a parte pelo braço.
 
Mikaro- estás-me a magoar!
Tom- desculpa, mas é pelas vezes que hoje já me magoas-te.
Mikaro- o que? Quando é que te magoei?
Tom- esquece! Quer dizer dou-te um beijo e dizes que ainda é muito cedo para termos algo, mas depois enrolas-te com o alex.
 
Mikaro- por quem me tomas tom kaulitz? Deves pensar que lá por dançar com uma pessoa vou ter um caso com ela!
 
 
Tom- desculpa mas fiquei com ciúmes! Estou no meu direito não?
 
Mikaro- no teu direito estás, mas ouve uma coisa NÃO PRECISAS DE TER CIUMES TOM OK?
 
 
Tom- ok ok! Não te chateies.
 
Fui ter com o Diogo, que estava encostado a uma das cadeiras do balcão
 
Mikaro- então Diogo! Está tudo bem?
Diogo- sim , está tudo tive uma noite!
Mikaro- aí sim! Mas não estavas com a manachi?
Diogo- sim estava, mas ela teve de se ir embora.
Mikaro- assim sem mais nem menos?
Diogo- sem mais nem menos não! Tivemos uma noite de 5* ela é perfeita na cama, quer dizer na casa de banho!
 
Fiquei chocada quando Diogo diz aquilo. Então fui sentar-me. Quando vejo sarah a vir ter comigo com um ar preocupado.
 
Sarah- mikaro! Ajuda-me por favor!
Mikaro- que se passa?
Sarah- estou completamente apanhadinha pelo teu amigo!
Mikaro- quem??
Sarah- pelo Ricardo. Ele é lindo, é simplesmente perfeito.
Mikaro- nunca pensei ver alguém a gostar do Ricardo!
Sarah- pois! Mas ajudas-me?
Mikaro- claro! Queres conhece-lo?
Sarah- sim claro!
 
Chamei Ricardo onde o fui encontrar a falar com chimiusa, do qual dava para ver que estava aborrecido!
Então chamei-o do qual ele veio logo ter comigo deixado chimiusa a falar sozinha.
<span st

oiço: tokio hotel-reden
sinto-me: apaixonada
tags:


Bem vinda ao blog...

Resolvemos fazer este blog para partilharmos contigo os nossos gostos.

 

+Tokio hotel

 

 Temos muito gosto em  partilhar este blog contigo!!!

 

Obrigada.... Inês, Joana e Érica                                  

 

Vamos dar-te a conhecer fanfics feitas por nós,  


oiço: Cinema bizarre- Forever Or Never
sinto-me:


.mais sobre nós
.pesquisar
 
.Agosto 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


.posts recentes

. cap 5 depois de uma noite

. será que o tom é mesmo as...

. cap 4 depois de uma noite

. cap 3 depois de uma noite

. depois de uma noite cap2

. cap 1 depois de uma noite

. inicio fanfic.

. obrigada

. cap39- fim

. capº38

.arquivos

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

.tags

. todas as tags

blogs SAPO
.subscrever feeds
Em destaque no SAPO Blogs
pub