Quarta-feira, 21 de Maio de 2008
capitulo 18 "UMAS FÉRIAS INESQUECIVEIS"

esta fic esta mesmo quase no fim. Mas eu e a ines já estamos a fazer mais umas em conjunto para postarmos assim que esta estiver acabada.

Depois do jantar:
Pai – Fred tenho uma má noticia para te dar.
Fred – diz
Pai – não conseguiste vaga na escola cá em Portugal. E eu tenho de ir trabalhar para a Alemanha e consegui arranjar-te uma vaga numa escola em Magdeburg.
Fred – mas… eu não quero deixar a Mati!
Mati – oh Fred! Não te preocupes não te esqueças que eu sou alemã e moro em Magdeburg logo tenho vaga nas escolas de lá!
Fred – então isso quer dizer que vens comigo? (olhos de cachorrinho abandonado) (a Mati olhou para o Tom)
Tom – Mati escusas de olhar para mim eu sou teu irmão e não teu pai! (a Mati revirou os olhos) Mati tu sabes que por mim tu estavas sempre ao meu alcance de vista mas tu já és bem crescidinha para decidires o que queres fazer! (olhou para ela como se disse-se “claro que podes”)
Mati – danke!!! (abraçou o tom e encheu de beijinhos na cara)
Eu – olha deixa alguma coisa para mim (no gozo)
Tom – olha minha princesa está com ciúmes?! (agarra-me pela cintura)
Eu – tou (cruzei os braços a fingir que tinha amuado)
Tom – mas não tens razão para estares! (beijou-me) porque(beijo) eu(beijo) só(beijo) te(beijo) amo(beijo) a(beijo) ti(beijo longo)
Mati – então pelos vistos tenho de voltar a fazer as malas! =P
Fred – pois eu também! Quando é que partimos?
Pai – amanhã ás 11h da manhã.
Mati/Fred – ok!
Dirigimo-nos para casa quando o Tom me chamou à parte
Tom – se calhar é melhor também fazeres já as tuas para te mudares lá para casa antes da Vera chegar.
Eu - pois tens razão. Eu já me tinha esquecido que essa puta vem para cá Tom (aproximei-me dele) ajudas-me a fazer as malas? (olhinhos de cachorrinho abandonado)
Tom – claro!
Entramos em casa e subimos em direcção ao meu quarto, começamos a fazer as malas. E como é óbvio o Tom foi logo directo à gaveta onde eu tinha a roupa interior.
Eu - TOM KAULITZ AFASTA-TE JÁ DESSA GAVETA!!!!!!!!!!!!!!!
Tom – oh mas ito é tão giro! (parecia um puto a vasculhar na gaveta) (revirei os olhos)
Quando eu já tinha acabado de arrumar as minhas coisas todas ouvi alguém bater à porta.
Eu – deve ser a Mati! Eu vou abrir que o Fred ainda está a acabar de arrumar as coisas dele. (desci e vim abrir a porta enquanto o Tom trazia as minhas malas para baixo)
Eu – (abri a porta) Mati… (depois reparei que não era ela) tu???!!!!! (olhar assassino)
Vera – olá maninha! (cara de sonsa como sempre)
Eu - TU NÃO ÈS MINHA IRMÃ!!!!!!!!!!!!!!!!!! (o Tom tinha acabado de pousar as minhas malas no fim das escadas olhou para mim)
Vera – ai que recepção tão calorosa (olhou para dentro de casa e viu as minhas malas) estás em mudanças? (armada em superior)
Eu – sim porquê tens alguma coisa a ver com isso?
Vera – não nada dez que eu tenha casa para viver
Eu – tá descansada que vais ficar com a casa toda só para ti!
Vera – ai é? (com aquele ar de convencida que só as pitas mimadas sabem fazer)
Eu – é o Fred vai viver para a Alemanha e eu vou viver para casa do meu namorado por isso bey bey! (fiz sinal ao Tom que pegou imediactamente nas malas, eu também peguei nas malas que restavam e sai deixando as chaves na mão da Vera)
 Ela ficou a olhar para mim com um ar assassino e eu nem liguei dirigi-me a casa dos Kaulitz mais o Tom. Arrumei as minhas coisas no quarto do Tom e sentei-me na cama com os braços em volta dos joelhos a pensar. O Tom entrou no quarto e sentou-se ao meu lado.
Tom – que se passa Rose? (enquanto me fazia festinhas no cabelo)
Eu – …
Tom – é a Vera não é?
Eu - Tom eu sei do que ela é capaz de fazer só para me estragar a vida! (olhei-o nos olhos) tenho medo de te perder por causa dela (disse baixinho)
Tom – (olhando-me nos olhos) Rose eu amo-te e não vou deixar que uma pita que tem a mania que é boa estrague a nossa relação. Agora põe-me um sorriso nessa cara que eu não gosto nada de te ver assim1 (sorri)
Eu – amo-te Tom nunca te esqueças disso1
Deitamo-nos e acabamos por adormecer os dois bem agarradinhos
No dia seguinte:
Acordei com o Tom a fazer-me festinhas no cabelo
Eu –bom dia! (beijo)
Tom – bom dia! Vá toca a levantar1
Eu – já?! Não quero! (enrosco-me a ele)
Tom – ai queres, queres! Começa a fazer-me cócegas)
Eu – AI PARA! (só me ria) COCEGAS NÃO VALE!!!!!!! (ele parou)
Tom – então toca a levantar que temos de nos ir despedir do Fred e da Mati ao aeroporto! O Bill e a Angela também vão!
Eu – ok1 (sai da cama e fui tomar banho enquanto o Tom preparava o nosso pequeno almoço)
Acabei de tomar banho e vesti o costume (mini calções e um top) desci e tomei o pequeno almoço com o Tom depois de ele tomar banho fomos para o aeroporto quando lá chegamos a Angela, o Bill, o Fred, a Mati e o pai já lá estavam todos a despedirem-se
Eu chi1 já viram ultimamente todos os dias temos cá vindo despedirmo-nos de alguém (risos)
Tom – Ya podes crer. (o Bill e o Tom abraçaram a Mati e u e a Angela abraçamos o Fred e o meu pai)
Bill/Tom – cuidem-se (disse dirigindo-se ao Fred)
Tom – e porta-te bem! (disse à Mati)
Bill – pois não sigas aqui o exemplo do menino Tom! (risos)
Tom – hey!
Eu – pois coitadinho do meu Tom ele até se anda a portar bem! (abraço-o e ele deita a língua de fora ao Bill)
Despedimo-nos e eles apanharam o avião.
Angela – bora dar uma volta pelo jardim?
Eu - bora!
No caminho compramos o almoço no mec e fizemos uma espécie de piquenique
Angela - já não estávamos assim todos juntos á muito tempo!
EU – desde ontem—‘ (risos)
Tavamos todos na galhofa até que a otária da Vera decidiu aparecer e estragar tudo.

oiço: forever end never cinema bizarre
sinto-me: mesmo cançada

publicado por Fary Jane às 22:47
link do post | favorito

Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

.mais sobre nós
.pesquisar
 
.Agosto 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


.posts recentes

. cap 5 depois de uma noite

. será que o tom é mesmo as...

. cap 4 depois de uma noite

. cap 3 depois de uma noite

. depois de uma noite cap2

. cap 1 depois de uma noite

. inicio fanfic.

. obrigada

. cap39- fim

. capº38

.arquivos

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

.tags

. todas as tags

blogs SAPO
.subscrever feeds
Em destaque no SAPO Blogs
pub