Sábado, 24 de Maio de 2008
capitulo 19 "umas férias inesqueciveis"

 

Vera – olá meninas! (pensei – sonsa como sempre)
Eu – o que é que queres?
Vera – estar com vocês!
Angela – e se nós não quisermos estar contigo?
Vera – ai! Não fales assim comigo que eles ainda vão pensar que sou má pessoa.
Eu – e isso é alguma mentira?! (já me estava a passar só esta miúda para me tirar do sério)
Vera – é! Então não me apresentam estes dois borrachos? (começou a atirar-se a eles. É oficial passei-me)
Eu –(levantei-me) 1º tu não tens nada a ver com isso. 2º lá por agora morares aqui isso não quer dizer que… o Tom agarrou-me pelo braço)
Tom – não vale a pena (disse-me baixinho em tom sério) (mandou um olhar cúmplice ao Bill este sorriu)
Bill – Rose, Angela venham cá! (puxou-nos à parte eu não queria deixar o Tom ali com a Vera mas fui à mesma com o Bill)
Bill – olhem hoje às 8h da noite vão ter as duas connosco lá a casa ok?!
Eu – mas Bill eu agora moro convosco.
Bill - -,-‘ pois é xD. Então olha não podes aparecer lá em casa antes das 8h
Eu – porquê?
Bill – depois vocês vêem! (saio do pé de nós e piscou o olho ao Tom) tudo tratado!
Tom – fixe! Até logo liebe! (beijou-me) e nem pensem em aparecer antes de tempo ouviram! (ar maroto) vá xau até logo!
Eu – ok xau (beijo-o)
Eles bazaram. A Vera ainda ali estava mas como nem eu nem a Angela nos dávamos com ela reagimos como se ela pura e simplesmente não existisse.
Angela – ai mas o que estarão aqueles dois a tramar?
Eu – não sei mas pelos vistos não temos outro remédio se não esperar.
Angela – pois… e agora o que vamos fazer o resto do dia?
Eu – simples bora às compras!!!!!!!! (bazamos)
Vera – esperem eu vou com vocês!! (veio a traz de nós)
Eu (pensei – dasse que esta não descola. Tenho de me livrar dela!) olha aquela ali não é a Anna? (desaparecemos no meio da multidão e a Vera perdeu-nos de vista)
Angela – ya é ela. ANNA!!!!!!!!!!!!!! (ela veio ter connosco)
Anna – Olá meninas!
Eu/Angela – oi!!!!!!
Eu – tão por aqui? E ainda por cima sozinha?
Anna – a pois é que o Fabi teve de ir tratar de umas cenas.
Angela/Eu – umh!
Anna – Rose que se passou ontem miúda desapareceste?
Eu – não foi nada de especial! Então mudando de assunto bora às compras?
Angela/Anna – bora!!!!!!!!
Ficamos no shopping a divertirmo-nos até as 7:30h quando recebo uma mensagem
*sms*
De: Tom
Para: Rose
Oi liebe!
Não te esqueças que aqui a uma hora tu e a Angela aparecem cá
Küss Tom
Ps: não vale aparecer antes de tempo.
*fim sms*
Angela – que diz?
Eu – para não nos esquecermos de ir ter com eles lá a casa e para não aparecermos antes de tempo
Angela – ai estou tão curiosa para saber o que aqueles dois estam a tramar!
Eu – pois também eu1
Angela – então do que estamos à espera bora masé a minha casa para podermos tomar um banho e mudar de roupa antes de irmos1
Eu – ya bora! Adeus Anna küss!
Angela – xau priminha!
Anna – xau divirtam-se1
Fomos para casa da Angela tomamos um banho cada uma, vestimo-nos e maquilhamo-nos. Eu vesti um vestido azul bebé com umas sandálias brancas e uma mala branca. A Angela vestiu um vestido rosa com umas sabrinas pretas e íamos as duas de cabelo solto.
Eu – Angela despacha-te já são 8 horas!!
Angela – já tou a ir espera só um bocado é que não consigo encontrar o meu telemóvel!
Eu – está aqui na mesa!
Angela - -,-‘ vamos?!
Eu – tava a ver que nunca mais!
Saímos de casa dela e fomos para a dos gémios batemos à porta e eles vieram abrir. Cumprimentaram-nos com um beijo
Bill – vá a vossa espera terminou entrem1
Entramos. Eles vendaram-nos os olhos e levaram-nos para o jardim quando nos tiraram as vendas ficamos de boca aberta aquilo estava lindo!*.* eu nem conseguia acreditar! Eles prepararam um jantar à luz das velas com musica de fundo. As únicas luzes ali eram as das velas que estavam na mesa e as da piscina.
Eu - *.* isto está lindo!!!!!!
Tom/Bill - tudo para as nossas princesas! (beijo [o Tom a mim e o Bill à Angela]
Angela – nem acredito nisto!!
Bill – vá sentem-se que o jantar está a arrefecer!
Sentamo-nos e jantamos aquilo estava a ser tão perfeito que parecia um sonho do qul eu não queria nunca acordar. Depois do jantar deitámo-nos na relva junto da piscina.
Eu – isto nem parece realidade! é tudo tão perfeito!
Tom – e ainda à mais! (pisca o olho ao Bill)
Bill – pois é meninas!
O Tom foi buscar qualquer coisa a trás do rádio e desligou-o. Reparei que tinha ido buscar a guitarra. Ele sentou-se e começou a tocar, passado um bocado o Bill começa a cantar
 No one knows how you feel
No one there youd like to see
The day was dark and full of pain
You write help with your own blood
Cause hope is all youve got
You open up your eyes but nothing's changed

I don't want to cause you trouble
Don't wanna stay too long
I just came here to say to you

Turn around
I am here
If you want it's me you`ll see
Doesn't count
Far or near, I can hold you when you reach for me

You life is meaningless
Your diary, full of trash
It's so hard to get along with empty hands
You're looking for the rainbow
But it died not long ago
It tried to shine just for you untill the end

I don't want to cause you trouble
Don't want to stay too long
I just came here to say to you
I am by your side
Just for a little while

Turn around
I am here
If you want it's me you`ll see
Doesn't count
Far or near, I can hold you when you reach for me

If the world makes you confused
And your senses, you seem to lose
If the storm doesn't want to diffuse
And you just don't know what to do

Look around I am here
Doesn't count far or near
I am by your side
Just for a little while

Turn around
Turn around, I am here
Turn around
Doesn't count far or near
Turn around
If you want it's me you'll see
Turn around
I can hold you when you reach for me

Turn around I am here
Doesn't count far or near
I am by your side
Just for a litlle while
We'll make it if we try
Como eu e a Angela compreendemos muito bem o Inglês traduzimos automaticamente a musica. Eles os dois estavam tão serenos tanto o Tom a tocar como o Bill a cantar. Quando a musica acabou eu abracei o Tom e beijei-o a Angela fez exactamente o mesmo com o Bill
Tom – tou a ver que gostaram!
Eu/Angela – adoramos!!!!!!!!!!!
Eu – esta vai ser uma noite de que nunca me hei-de esquecer1 (sosurrei ao ouvido do Tom)
O Tom beijou-me e pegou-me ao colo.
Eu – Tom põe-me no chão! Eu tenho pernas para alguma coisa servem!!
Tom (sorriu) – não refiles! (levou-me para o quarto)
Ele pousou-me em cima da cama e beijou-me. Automaticamente as minhas mão foram para debaixo da camisola dele…(***)

sinto-me: com muito sono
oiço: ich bin da

publicado por Fary Jane às 23:04
link do post | favorito

Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

.mais sobre nós
.pesquisar
 
.Agosto 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


.posts recentes

. cap 5 depois de uma noite

. será que o tom é mesmo as...

. cap 4 depois de uma noite

. cap 3 depois de uma noite

. depois de uma noite cap2

. cap 1 depois de uma noite

. inicio fanfic.

. obrigada

. cap39- fim

. capº38

.arquivos

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

.tags

. todas as tags

blogs SAPO
.subscrever feeds
Em destaque no SAPO Blogs
pub