Quarta-feira, 28 de Maio de 2008
capitulo 21 "UMAS FÉRIAS INESQUECIVEIS" (fim)

 

Enquanto eu contava ao Bill tudo o que se tinha passado a Angela foi a casa dos gémeos (k) entrou e viu a Vera a descer as escadas vinda do quarto do Tom com um ar vitorioso.
Angela – o que fizeste?
Vera - eu??? Nada!
Angela – oh Vera não te faças de desentendida. Se não tivesses feito nada a Rose não ficava assim como está! (a perder a paciência)
Vera – digamos que o teu amiguinho de rastas é bom naquilo que faz! (cara de sinica)
Angela – como foste capaz de fazer uma coisa destas?
Vera – sendo! E pondo uma drógazinha na bebida do Tom
Angela – mas que mal é que a Rose te fez para tu lhe estragares a vida desta maneira?!
Vera – olha minha cara. Pura e simplesmente nasceu! (saiu de casa deles)
Na praia:
Acabei de contar tudo ao Bill. Chorava cada vez mais ele abraçou-me para me acalmar.
Bill – o Tom ama-te isso eu tenho a certeza e nem parece dele fazer tal coisa mais a mais depois de ele saber tudo pelo que passas-te.
Eu – eu tinha medo de que isto acontece-se porque infelizmente sei muito bem do que a Vera é capaz mas… (disse entre soluços)
Bill – mas ele não tinha o direito de te fazer sofrer desta maneira. (levantou-se) anda comigo.
Eu fui com ele, ele levou-me para casa da Angela. Abriu a porta e fez-me sinal para entrar, eu ainda não tinha conseguido parar de chorar, ele voltou a abraçar-me, pegou-me ao colo e deitou-me na cama da Angela.
Bill – vá agora descansa. Que eu vou tratar de tudo vais ver daqui a bocado já está tudo bem de novo e já tens o Tom aqui ao eu lado.
Eu – prometes?
Bill – prometo! (deu-me um beijo na testa) vais ver que vai tudo ficar como dantes
Eu – espero que tenhas razão (deitei a cabeça na almofada e adormeci)
O Bill voltou para casa dele e deparou-se com a Angela com uma cara super chocada. reparou na cara de Angela mas não disse nada a não ser
Bill –Angela vai para tua casa e vê se a Rose não comete nenhuma loucura.
Angela – (acordada do trauma) sim. Mas o que se passou?
Enquanto o Bill contava à Angela o que se tinha passado
No quarto do Tom:
O Tom acaba de acordar e repara que está sem roupa, mas não sabe por quê pois como eu vou tinha dito a ultima coisa de que ele se lembrava era de estar cheio de dores de cabeça e sono e de se deitar na cama e adormecer. Como não perceber o que se tinha passado decidiu ir-se vestir. Quando já estava pronto olhou para a secretária e reparou num bilhete que lá estava com um DVD por baixo
***bilhete***
Olá! Olha adorei esta manhã. Pode-se dizer que sabes mesmo como estafar alguém (o tom ficou chocado ao ler aquilo) inicialmente era suposto entregar este DVD à rose mas como ela viu tudo com os seus próprios olhos… podes ser tu a ficar com ele e assim já vais sabr o que se passou!
Bjs Vera
***fim do bilhete***
O Tom pegou no DVD e colocou-o no computador para ver o seu conteúdo. Ele ficou completamente chocado a olhar para o monitor.
Saiu do quarto a Angela já tinha saído e o bill estava a ir em direcção ao Tom. Quando chegou ao pé dele espetou-lhe um murro que fez o Tom cambalear mas este não protestou
Bill – como é que foste capas de fazer uma coisa destas à Rose??????
Tom – Bill! Achas que eu sabia o que estava a fazer?! A ultima coisa que me lembro é de tu e o Fabi estarem a gozar comigo por eu estar com dores de cabeça e sono, de vir para casa deitar-me e adormecer! Se não fosse a merda deste DVD eu nem sabia o que tinha acontecido (uma lágrima escorreu-lhe pela cara) (o Bill olhou-o de lado) Bill tu conheces-me! EU AMO A ROSE!!!! (começou a chorar) eu não a quero perder. (olhou o Bill nos olhos) mas duvido que ela me queira ver à frente depois disto.
O Bill olhou para o irmão e percebeu que ele dizia a verdade.
Bill – tem calma! (disse numa tentativa de acalmar o irmão)
Tom – Bill como é que queres que eu tenha calma se a rapariga que AMO não me quer ver à frente nem pintado de roxo!!!!!!!! E para piorar tudo ela esta zangada por uma coisa que eu nem sabia que tinha feito!
Bill – olha Tom que a Rose está magoada isso está, e não te vou mentir. Mas eu tive a falar com ela e ela disse-me que… (foi interrompido pelo irmão)
Tom – que nunca mais me queria ver! Sim eu sei não é preciso atiras-me isso à cara!
Bill – não é nada disso! Se me deixasses falar talvez desse jeito1 como eu estava a dizer eu estive a falar com ela e ela disse-me que já estava à espera que isto acontecesse…
Tom – O.O
Bill - … pois ela infelizmente sabe do que a Vera é capaz de fazer (o Tom começou a ficar com mais esperança) eu sei que não te devia dizer isto mas como és meu irmão e eu detesto ver-te assim vou dizer-te à mesma! (contou-lhe tudo o que se tinha passado na praia e também que me tinha levado para casa da Angela) quando estava a sair de lá a Rose fez-me prometer que ia fazer tudo o que estivesse ao meu alcance para que tu voltasses a ficar ao lado dela.
Tom – a sério! (brilhozinho nos olhos)
Bill – claro! Achas que eu ia brincar com uma cena destas?
Tom – não, claro que não! Mas agora tenho de ir já falar com a Rose.
[agora vamos recuar um bocado no tempo até à parte em que os gémeos começam a falar]
Entretanto em casa da Angela:
Eu acordo com a Angela sentada numa cadeira junto da cama a ouvir mp3.
Angela – ROSE! Finalmente estás acordada! Nem vais acreditar no que te vou contar! Eu já sei tudo o que se passou contigo agora ouve-me (contou –me tudo o que a Vera lhe tinha dito quando foi lá a casa)
Quando acabou de contar alguém bateu à porta. A Angela foi abrir eram o Tom e o Bill
Tom – Angela onde está a Rose eu preciso mesmo de… (assim que ouvi a voz do Tom saí do quarto e fui a correr ter com ele e abracei-o)
Tom – rose desculpa eu… (não o deixei terminar e beijei-o)
Eu – deixa estar já passou. A Angela já me contou a história toda e o que a Vera fez! (ele sorriu) o que interessa é que agora está tudo bem!
E foi assim que tudo aconteceu. A Vera foi mandada para um colégio militar depois de tudo o que me tinha feito. Eu e a Angela fomos viver para a Alemanha com o Tom e o Bill. E agora 12 anos depois disso a Angela e o Bill têm 2 gémeos o Daniel, e o Nich e eu tenho uma filha chamada Cláudia.
Tom – lembras-te daquele verão em que nos conhecemos?
Eu – sim foram uma férias inesquecíveis!
FIM

oiço: schei
sinto-me: finalmente acabei

publicado por Fary Jane às 20:45
link do post | favorito

Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

.mais sobre nós
.pesquisar
 
.Agosto 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


.posts recentes

. cap 5 depois de uma noite

. será que o tom é mesmo as...

. cap 4 depois de uma noite

. cap 3 depois de uma noite

. depois de uma noite cap2

. cap 1 depois de uma noite

. inicio fanfic.

. obrigada

. cap39- fim

. capº38

.arquivos

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

.tags

. todas as tags

blogs SAPO
.subscrever feeds
Em destaque no SAPO Blogs
pub