Quinta-feira, 10 de Julho de 2008
cap16,17

 

[Tom]
eu – ai o Bill já me estava a enervar com aquela conversa
consciência – mas ele tem razão e tu sabes muito bem que tas caidinho por ela
eu – fogo também tu?! Eu já disse que não gosto dela!
Consciência - pois eu sei que tu não gostas dela tu ama-la
Eu – fodasse mas que merda de consciência que me foram arranjar!
Consciência – eu ouvi isso -.-‘
Eu – ainda tas ai?! Deixa-me em paz vou masé deitar-me
Consciência- bons sonhos e sonha com a Joana!
Eu – fogo já não te disse para me deixares em paz -.-‘
 
[Joana]
cheguei a casa vi que tinha um papelinho em cima da mesa
 
“ Joana a mãe foi ao C32 com os teus tios
se quiseres tens o jantar no frigorifico é só aquecer
bjs mãe”
 
eu (pensei) – como eu adoro o sentido liberal da minha mãeJ
 
subi as escadas em direcção ao meu quarto vesti o pijama (mini-calções e top) e deitei-me em cima da cama a olhar para o vazio
 
eu – porque raio é que não paro de pensar no cabeça de esfregona fogo! Porque é que a imagem dele quase a beijar-me não me sai da cabeça…
 
os meus pensamentos foram interrompidos pelo toque do meu telemóvel, vi que era a Inês, atendi
 
eu – tou
Inês – tou Joana (voz de choro)
Eu – porque estiveste a chorar? (directa como sempre)
Inês – oh Joana… adivinha (oiço-a chorar)
Eu – discutiste outra vez com a tua mãe não foi?
Inês – umh…umh (snif)
Eu – oh Inês vocês passam a vida a discutir desde que os teus pais se divorciaram! Assim não dá!
Inês – podes querer Joana já tou tão farta destas discussões ate parece que ela faz de propósito para discutirmos (volto a ouvi-la chorar) eu já não aguento mais!
Eu – conta-me como foi desta vez (ela contou-me tudo) já tens as malas feitas?
Inês – já!
Eu – então prepara tudo daqui a 10 min tou ai
Inês – brigada
Eu – escusas de agradecer!
 
Desliguei. Liguei ao meu primo
 
- tou
eu – tou Ricardo é a Joana. Podes me fazer um grande favor?
Ricardo – diz prima
Eu – é assim (contei-lhe tudo o que se tinha passado e ele concordou)
 
Enfiei um casaco comprido por cima do pijama e tal como tinha dito 10 min depois tava eu à porta de casa da Inês. O meu primo ajudou a meter as malas dentro do carro e troce-nos para minha casa., depois de nos ter ajudado a levar as malas dela para um dos quarto de hospedes (mais propriamente o em frente ao meu) despedimo-nos dele e ele voltou para casa (desta vez a dele)
 
Inês – obrigada Joana a sério!
Eu – sempre ás ordensJ agora já falas-te com o teu pai sobre vires viver para cá?!
Inês – sim e ele também achou melhor. E disse que ele próprio falava com a tua mãe
Eu – boa! Agora vamos masé dormir que amanha é outro diaJ
Inês – pois concordo contigo! (sai do quarto dela)
Eu – boa noite e sonha com o Bill (pisquei-lhe o olho e entrei no meu quarto)
 
 

sinto-me: tiste nao tive comentarios


4 comentários:
De Fer a 11 de Julho de 2008 às 16:45
que loco vocês têm mesmo jeito para a coisa.


CONTINUEM!


De Ana a 11 de Julho de 2008 às 21:39
hahaha gostei!!!!!!!!!!!!!!!!!!! x)


De Bea_Kaulitz a 12 de Julho de 2008 às 14:50
Está simplesmente perfeita...

Keep going...
I'm waiting.


De Sara Manuela a 13 de Julho de 2008 às 16:30


continua assim, tas uma boa escritora .

ta de mais ...


comenta já é uma ordem

.mais sobre nós
.pesquisar
 
.Agosto 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


.posts recentes

. cap 5 depois de uma noite

. será que o tom é mesmo as...

. cap 4 depois de uma noite

. cap 3 depois de uma noite

. depois de uma noite cap2

. cap 1 depois de uma noite

. inicio fanfic.

. obrigada

. cap39- fim

. capº38

.arquivos

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

.tags

. todas as tags

blogs SAPO
.subscrever feeds
Em destaque no SAPO Blogs
pub